Dicas para viajar com animal de estimação

Dicas para viajar com animal de estimação

Hoje em dia a maioria das pessoas possui animais de estimação, e eles não são mais somente os melhores amigos do homem, os cachorros, hoje em dia são gatos, passarinhos, coelhos, hamister, peixes entre outros.

Porém quando a família vai viajar é uma tortura pensar em deixar os lindos animais em casa sozinhos, e então algumas pessoas resolvem levar os seus animais, porém existem algumas coisas que todos que levarão os seus animais deverão saber, por isso separamos algumas dicas para você.

As viagens trazem grandes mudanças na vida dos animais, e enfrentar horas de viagem pode ser muito estressante para o seu animal de estimação, é por isso que devemos tomar muito cuidado com eles.

Para viagens de carro, leve o seu animal de estimação dentro de uma caixa de transporte adequada para o tamanho dele, ou então comprar um cinto de segurança especial para animais onde podemos encontrar em casas como pet shop.

Não os alimente dentro de duas horas antes de sair viajar, pois isso pode causar enjôos e até vômito, lembrando que se a viagem for longe, em caso de gatos e cachorros é preciso fazer uma parada para que eles façam as suas necessidades.

Em caso de animais roedores e aves, é importante deixar o ar-condicionado desligado e cobrir a gaiola deles, pois eles se assustam muito fácil, e o movimento do carro pode assustá-los.

A temperatura do corpo dos animais em tempos de calor aumenta muito, por isso é importante pegar a estrada em dias mais frescos assim evitará que eles passem mal.

Para viagem de ônibus ou avião é preciso pegar um atestado de saúde com o veterinário para que ele possa viajar de um estado para o outro, além disso, é preciso obter o Guia de Trânsito Animal (GTA) que deve ser pego no Ministério da Agricultura, sendo que este documento só serve para a ida, na volta ele precisa ser renovado.

Se você for levar o seu animal para a praia, principalmente cachorros, evite levá-los á beira mar, pois no contato com a areia o animal pode transmitir e contrair doenças, e sempre ande com ele no colo ou na coleira, e se ele for bravo é mais seguro que ele ande também com a focinheira.

Não deixe o seu animal exposto ao sol por mais de três horas por dia, principalmente de se ele tiver pelo claro, e é preciso que ele beba água potável, pois água saudável desidrata o animal, além de causar diarréia. Se o animal tomar banho de mar, dê banho com água doce de, pois e o seque, pois se ele ficar úmido será um ótimo local para proliferação de bactérias.

Se você for ficar hospedado em um hotel dê somente a ração de costume, deixe comida e água a sua disposição no hotel, e leve a manta ou caminha de dormir e os seus brinquedos assim ele se sentirá em casa.

Publicado por Fabio
Revisado em 17/12/2010

Compartilhar

Comentar com Facebook

Receba novidades

Comentar