Receita de sabão caseiro antipulgas

Receita de sabão caseiro antipulgas

Quem tem animal de estimação em casa, como gato ou cachorro, precisa tomar certos cuidados.  Sua higiene, por exemplo, é algo que merece bastante atenção, caso contrário, você pode colocar a saúde dele em risco.

Entre os problemas que os atingem com maior freqüência estão as pulgas e carrapatos. Esses parasitas, além de causarem uma enorme irritação, podem deixar os animais enfraquecidos e, com isso, provocar uma série de transtornos.

Mais sobre Receita de sabão caseiro antipulgas

Porém, ao contrário do que muita gente pode pensar, existem soluções acessíveis contra estes males. Ao invés de gastar uma fortuna com a compra de produtos veterinários, você pode preparar o seu próprio sabão antipulgas. A receita é a base de óleo de Neem, um composto inofensivo bastante usado como inseticida natural.

Abaixo, estão os demais ingredientes, assim como o passo a passo de como preparar o sabão.

Receita de sabão caseiro antipulgas1

Ingredientes

20 ml de óleo de Neem                                               Uma barra (200 gramas) de sabão glicerinado     10 gotas de óleo essencial de citronela (também pode ser de cravo ou eucalipto)

Como fazer

Comece o preparo colocando o sabão em banho Maria. Quando ele começar a derreter, ficando com uma textura cremosa, retire-o do fogo e deixa esfriar até atingir os 40º Celsius (use um termômetro para medir a temperatura). Por último, adicione os demais ingredientes (óleo de Neem e óleo de essência), despeje o conteúdo em formas e leve ao condicionador.

Lembrando que este sabão também é vendido em lojas de produtos naturais. Além disso, o óleo de Neem que vai na receita pode ser utilizado durante o banho ou borrifado diretamente no animal, caso ele já esteja infestado.

Como prevenir

Para evitar que seu animal de estimação sofra com pulgas e carrapatos, mantenha seus objetos sempre limpos, especialmente os que ele usa para dormir (almofadas, fronhas, lençóis, cobertas), assim como carpetes e pisos. Além disso, não se esqueça de procurar o médico veterinário regularmente.

26/12/11 por Fabio

   



Mais informações por email

Comentar