Quais despesas podem entrar na declaração de Imposto de Renda

Quais despesas podem entrar no Imposto de Renda

Todos os anos é preciso que as pessoas declarem o seu imposto de renda para que o governo saiba quanto ele recebeu naquele ano, e para que as pessoas que contribuíram mais do que deveriam possam receber de volta o valor que é de seu direito.

Para que você comprove o Imposto de Renda (IR) é preciso apresentar alguns documentos, e fazer a relação de dependentes de sua renda. Para comprovar o seu cônjuge e os seus filhos isso será feito através de certidão de casamento e de nascimento dos filhos, para os filhos maiores de 18 anos a Receita exige o número do CPF.

Mais sobre quais despesas podem entrar na declaração de Imposto de Renda

Se você conta com outras pessoas morando em sua casa, como netos, bisnetos, irmãos ou sogro e sogra, será necessário um termo de guarda judicial e a prova de incapacidade física ou mental para o trabalho, se for o caso.

Você só pode colocar a sua companheira como dependente do seu IR caso você esteja com ela a mais de cinco anos ou tenha filhos, assim você poderá deduzir um calor de R$1.808,28 de sua renda, este valor já é automático.

Quando uma pessoa é adicionada como dependente deve-se somar as rendas dele para fazer a declaração, por exemplo, se você adiciona a sua mãe como sua dependente ela precisa ter abaixo de 65 anos, pois acima eles estão isentos de declaração e não pode ter recebido valor superior á R$17.989,80 no ano de 2010.

Para um contribuinte menor de idade a sua declaração deverá apresentar os rendimentos recebidos pelo menor em seu nome, com o número de inscrição no próprio CPF ou os tributos do menor podem ser apresentados junto com o dos pais, caso os pais sejam separados ele poderá declarar em conjunto daquele que está com a guarda judicial.

Assim com os seus dependentes mais você, você deverá declarar todos os seus gastos com médicos, dentistas, psicólogos, fisioterapeutas, fonoaudiólogo, terapeuta ocupacionais e hospitais, incluindo exames laboratoriais, serviços radiológicos, aparelhos ortopédicos e próteses ortopédicas ou dentárias e medicamentos.

São muitas outras regrinhas que devem ser tiradas com o contador para que você declare corretamente o seu Imposto de Renda e assim tenha o reembolso dos impostos que pagou a mais para o governo.

25/02/11 por Fabio

   



Mais informações por email

Comentar