Novo modelo certidão nascimento

Você sabe que a certidão de nascimento é um dos documentos mais importantes que possuímos? Confira mais sobre este assunto!

Para que serve a certidão de nascimento.

O que é preciso para tirar a certidão de nascimento.

Em 2009, foi assinado  um decreto, pelo então presidente da república, Luiz Inácio Lula da Silva, padronizando as certidões de nascimento em todo o país. Segundo a SEDH - Secretaria Especial do Direitos Humanos, os documentos têm um modelo padrão e matricula unificada. Além disso, vale ressaltar que tirar a certidão de nascimento é um direito gratuito de todos os brasileiros.

A falta do registro é muito frequente

Mesmo com a garantia de que não haverá nenhum gasto para os pais, na hora de registrar os filhos, os números de recém-nascidos que não foram registrados é alarmante. para impedir esse tipo de coisa, em muitos hospitais o bebê já sai da maternidade registrado.

A meta do governo com essa novo padrão da certidão, é cruzar os dados da DNV (Declaração de Nascido Vivo) com os registros de certidão de nascimento para mapear os lugares onde há maior concentração dos chamados sub-registros. Há uma grande diferença na relação entre as certidões emitidas e o total de DNV. A partir desses dados é possível chegar ao numero de pessoas não registradas.

O que é preciso para registrar uma criança

Basta que os pais se dirijam a qualquer cartório civil, com os dados entregues pelo hospital quando a criança recebeu a alta, e também com suas carteiras de identidade. Não é necessário que os dois pais estejam presente para o registro do bebê.

Qual a importância da Certidão de nascimento

Sem esse importante documento seu filho não poderá utilizar os serviços de saúde, sejam públicos ou particulares, além disso, no caso da falência dos pais, ele não terá direito a nenhuma pensão ou herança, Também será impossível tirar o RG, CPF, Passaporte, Carteira de Habilitação ou qualquer outro documento.

O primeiro documento que garante a todo brasileiro nascido vivo seus direitos como cidadão é a certidão de nascimento. Sem ela é como se o bebê jamais tivesse nascido, é como se aquele cidadão não existisse!

Existe multa ou penalidade por não registrar um filho

Não. Se você já é mãe ou pai, mas ainda não registrou seu filho, não importa a idade que ele tenha, o registro continuará sendo gratuito, e você não terá que pagar nenhuma multa ou taxa por não ter registrado antes.

Quantas vezes é preciso registrar uma criança

Apenas uma vez. Mesmo que você faça o registro em um estado diferente do estado em que você mora, não será necessário realizar um novo registro. A certidão de nascimento é única e tem validade em território nacional.

Confira como ficou a Certidão de nascimento depois de 2009

Veja abaixo como ficou o modelo padronizado da certidão de nascimento. Agora quem nasce na Bahia, no Espírito Santo, no Acre, em São Paulo ou no Rio Grande do Sul possui o mesmo modelo de certidão de nascimento.

Novo modelo certidão nascimento

01/06/09 por Fabio

   



Mais informações por email

Comentar