Crise financeira do Brasil

Não sabe como agir em meio a tantos boatos e teorias acerca dessa crise? Então, confira algumas informações importantes a seguir.

Estamos mesmo em crise?

Essa é uma pergunta que muitas pessoas fazem, principalmente quando se deparam com supermercados ou casas de shows lotadas. Acontece que o cenário não pode ser visto somente dessa forma, é preciso analisá-lo como um todo.

Crise economica

Se olharmos para os lados vamos nos deparar com uma variedade de estabelecimentos, de todos os ramos, fechando a cada dia. Grandes indústrias também não estão fora desse bolo, pois estão abrindo mão de turnos e demitindo funcionários em séries. Não podemos achar que isso tudo é uma brincadeira. Devemos encarar essa crise como uma crise de verdade, assim como fizemos em 2008 e superamos.

Mais sobre crise financeira do Brasil

A resposta para essa pergunta que deu início ao nosso artigo é afirmativa, portanto estamos em crise!

O que originou essa crise

Muito se culpa empresários, governos e todas essas teorias de conspiração. Mas a crise não vem de hoje, ela esteve sempre ao nosso lado, mas somente agora resolveu dar as caras.

É um fato que iniciamos o Brasil como colônia de Portugal, que nos explorou até onde pode e nos fez começar a vida endividados. Até isso colaborou para a crise!! Passamos por um período ditatorial que segurou o potencial de nosso país, e isso também foi "importante" para a crise financeira que encontramos agora.

Exploração de portugal

No ano de 2015 também tivemos vários problemas. Segundo o próprio fundo monetário, o PIB do Brasil caiu 0,3%, o que acarretou em uma alta dos juros e dificuldade na aquisição de crédito. Isso diminuiu significativamente o poder de compra dos cidadãos. Mas o ponto chave de tudo isso foi a grande quantidade de escândalos de corrupção noticiados nos últimos tempos.

Esses escândalos tiraram a confiança e segurança que grandes empresários e investidores tinham no Brasil, afastando-os cada vez mais. Mas então a culpa disso é toda do governo? Não, não estou dizendo que o governo é o culpado. Acontece que o governo teve uma grande parcela de culpa nisso tudo.

Crise no Brasil

Mas, de um modo geral, a criminalidade e o volume de crianças que crescem em lares desestruturados também colaborou para a desinformação do país e deu ainda mais força para a crise.

Quais mudanças poderiam ser tomadas para sair dela

Para que saiamos livres dessa crise e que não passemos por grandes prejuízos, é importante nos adaptar. Isso não quer dizer que precisamos ficar parados, mas sim ter segurança nas ações que tomaremos daqui pra frente, devendo pensarmos 10 vezes antes de agir.

Bolha imobiliária

Procure segurar dinheiro e não entrar em empréstimos ou dívidas de cartões de crédito, isso poderá ser prejudicial em um futuro não muito distante.

Aquisição de bens móveis e imóveis somente a vista! Não caia em financiamentos imobiliários agora, pois a crise e a bolha imobiliária tornarão isso tudo um pesadelo, com juros altos e uma burocracia quase inalcançável!

Qual a previsão de estabilidade

A previsão é de que 2016 seja um ano de instabilidade financeira e de dificuldade na aquisição de crédito, mas que em 2017 isso tudo começa a ser superado.

Fim da crise

Portanto, aja com sabedoria e tome decisões certas nesse ano, para em 2017 poder reestruturar-se e voltar a vida econômica ativa que todos esperamos.

Veja mais sobre crise e economia

11/02/16 por Paulo Sérgio

   



Mais informações por email

Comentar