Como ajudar abrigos para crianças

Os abrigos para crianças recebem muitas doações, sendo uma maneira que as pessoas encontram de proporcionar algo novo a estes menores.

Mulher abraçando crianças com amor

Existem diversos tipos de abrigos onde oferecem atendimento convencional ou especializado.

Os abrigos para crianças são espaços de proteção, provisório e excepcional, destinado às crianças privadas da convivência familiar e que se encontram em situação de risco pessoal e social.

Essas entidades têm como objetivo abrigar crianças frágeis conforme a decisão judicial ou do Conselho Tutelar e assim oferecer instalações físicas adequadas, em condições de higiene, habilidade e segurança.

Estes abrigos para crianças devem garantir assistência médica, psicológica, odontológica, acesso a cultura, educação infantil, condições de higiene e alimentação balanceada em quantidade suficiente pra cada faixa etária.

Além do mais os profissionais dessa área devem apresentar o ambiente a criança quando a mesma chegar ao local e também os novos companheiros, já que estes serão os seus novos companheiros.

Abrigos para crianças

Criança sorrindo no colo do adulto

Existem diversos tipos de abrigos onde oferecem atendimento convencional ou especializado. Os especializados visam atender as crianças com necessidades especiais ou com doenças infecto-contagiosas.

Abrigos como ajudar?

Se você está interessado em ajudar a essas entidades proporcionando as crianças algo novo e momentos de diversão, basta ir a uma entidade e realizar a sua doação seja de roupas, alimentos, brinquedos ou dinheiro, devem ser entregues ao responsável do abrigo. Doar um pouco de seu tempo ficando com elas, brincando ou contando histórias faz bem para elas e para você.

No entanto, caso queira ajudar constantemente o abrigo ou apenas uma criança, você pode tornar-se padrinho do menor e permitir que ele passe algum tempo em sua companhia ou durante o final de semana sem implicar vínculo jurídico.

Cada padrinho ou madrinha pode levar a criança para passear aonde quiser e assim participar efetivamente de sua vida.

Quem pode apadrinhar?

Para realizar o apadrinhamento afetivo é necessário que o indivíduo tenha mais de 21 anos, participe das oficinas e reuniões com a equipe técnica do projeto, apresente toda a documentação exigida e respeite a todas as regras colocadas pelos responsáveis.

O interessado em apadrinhar uma criança deve entrar em contato com o abrigo de seu interesse, apresentar toda a documentação exigida e assim torna-se padrinho.

Outra opção é o apadrinhamento financeiro onde você pode ajudar com uma quantia pequena mensal para atender às necessidades básicas da criança como o vestuário, remédios e material escolar.

Aqueles que estiverem passando por dificuldades financeiras podem cancelar o apadrinhamento e retornar posteriormente.

Sempre que puder faça doações aos abrigos para que assim possa contribuir para a vida destas crianças.

Confira abaixo artigos com o mesmo assunto

Busca de pessoas desaparecidas

Como ensinar hábitos saudáveis as crianças

Inscrição no PETI programa de erradicação do trabalho infantil

 

 

04/09/12 por Evelin

   



Mais informações por email

Comentar