Como acabar com a micose na virilha

Se você está sofrendo com micoses, nada de passar vergonha! Confira nossas dicas e descubra como acabar com esse problema de uma vez!

caminhando na praiaSe tem um coisa que incomoda bastante o público feminino e masculino é micose na virilha. A tinha, como também é chamada, é causada por fungos que atingem pele, unha e cabelo.  Esses fungos passam a se alimentar das células mortas ou da oleosidade da pele, e tem diferentes tratamentos, dependendo do local e tipo de micose.

Geralmente, as micoses trazem alguns sintomas, como coceira, ardência e pequenas bolinhas, com prurido. Para diferenciar uma micose de uma alergia, é preciso notar que as micoses fazem a pele descamar constantemente.

De acordo com os especialistas existem mais de 230 mil tipos de fungos, mas apenas 100 provocam este tipo de problema. Geralmente, eles causam a irritação alimentando-se de queratina, uma proteína bastante encontrada nas regiões citadas anteriormente.

O que causam as micoses na virilha

Esse tipo de micose é causada por fungos que vivem no ambiente, como água e objetos contaminados. É muito mais comum a ocorrência desse tipo de micose no verão, quando muitas pessoas vão às piscinas. Depois de nadar em água contaminada muitas pessoas ainda permanecem com a roupa de banho por muito tempo e nesse período que os fungos podem se alojar nas virilhas, onde encontram o ambiente ideal para viverem, já que é um local quente do corpo, e geralmente úmido, por causa do suor e oleosidade.

Também é comum "pegar" esse tipo de micose na praia, visto que a água do mar é altamente contaminada. Além disso, as areias das praias e parques também podem contaminar, caso entrem em contato com a pele.

Como evitar as micoses na virilha

Para evitar que esse tipo de fungo se aloje na pele, é necessário tomar banho em água doce e corrente, o mais rápido possível, logo que se deixe a piscina ou praia. Outra dica bem interessante é levar consigo um frasquinho de álcool gel, para que assim, mesmo que demore para se chegar em casa e tomar banho, você possa higienizar a pele.

Outra dica é evitar ficar com sungas e maiôs molhados por muito tempo, leve sempre uma troca de roupa seca, e assim que sair da água, vista-a, essas medidas simples podem evitar que você acabe adquirindo uma micose de pele. Além disso, você também pode se prevenir seguindo as dicas abaixo:

instruções

Como tratar as micoses na virilha

Apesar de deixarem a pele com aspecto muito feio, tratar as micoses é muito fácil. A utilização de pomadas com antimicóticos é sempre a mais adequada. Mas caso a micose já esteja espalhada por extensas regiões da pele, a medicação pode ser oral ou endovenosa. Geralmente, esses tipos de pomadas são a base de clotrimazol, um poderoso antifúngico, e o tratamento pode durar entre três e seis semanas.

pomada

Mas vale a pena ressaltar que, mesmo depois que a micose já desapareceu, é importante continuar passando a pomada por mais 15 dias, para evitar qualquer nova infestação. Uma ótima opção para se comprar esse tipo de medicação é na Ultrafarma, que entrega em qualquer lugar do Brasil.

Tratamento caseiro para micose

Muitas pessoas acreditam que não é possível tratar e curar as micoses com remédios feitos em casa. Mas quando detectadas no começo, é muito provável que você consiga curar esse tipo de coisa com receitas bem simples, e com produtos baratos, encontrados até em supermercados.

Um dos melhores e mais eficazes tratamentos caseiros contra as micoses são os que se utilizam de um produto muito conhecido de nossos avós, o bicarbonato de sódio. Está a venda em farmácias e supermercados, custa barato, e basta misturar em um pouquinho de água, formando uma pastinha, e passar na pele.

Deixe agir por cerca de 15 minutos, e depois lave o local com água corrente. Aplique na pele, pelo menos quatro vezes por dia, e logo você verá os resultados!

Veja mais sobre micose e como tratá-las:

Leia também:

18/02/10 por Fabio

   



Mais informações por email

Comentar